Automatisierte Lösungen von HUBTEX im Bereich Mehrwege-Stapler

GESTÃO DE ENERGIA NA HUBTEX
Economia de custos a longo prazo com soluções inteligentes

A diesel versus elétrica, baterias de chumbo-ácido versus íons de lítio, automatizada ou não: ao adequarem suas frotas às suas necessidades particulares, os especialistas em logística de depósitos precisam tomar uma série de decisões. A Hubtex (ou HUBTEX???) indica a essas empresas uma ampla concepção de energia, que leva a interação entre a infraestrutura do depósito, as concepções de bateria e de carregamento assim como os equipamentos dos veículos em consideração e põe a necessidade do usuário em foco.  
Energia caríssima: por vezes, esquemas de transporte interno, como transportadores de carga, geram custos de energia exorbitantes. 

Na busca por potenciais de economia e mais eficiência no manuseio diário, muitas empresas no setor da logística de depósitos já utilizam veículos elétricos. Uma tendência que também deverá prevalecer no futuro, na forma de uma crescente eletrificação das frotas. Mas escolher o tipo de acionamento certo não é algo muito óbvio. Por isso, a Hubtex, na qualidade de uma das fabricantes líderes de transportadores de carga, empilhadeiras laterais e selecionadores de pedidos, está focando cada vez mais no serviço de consultoria, ou seja, na oferta de uma concepção de energia personalizada. O objetivo disso: por um lado, conseguir grandes economias de tempo e de custos, por outro lado, aproveitar as capacidades de desempenho das máquinas de forma bem mais eficiente. 

Escolher o acionamento certo
com base no Total Cost of Ownership (TCO)

Uma gestão mais sustentável? De olho nisso, muitas empresas estão optando cada vez mais por veículos elétricos. No entanto, também é importante que essa escolha seja adequada ao campo real de aplicação. Porque, dependendo da área de utilização, das capacidades de desempenho e dos cenários de uso, a empilhadeira com motor de combustão pode ser a melhor opção. A palavra-chave é Total Cost of Ownership. É importante observar que, geralmente, as empilhadeiras multidirecionais com motor de combustão são mais baratas na aquisição; porém, os custos do gás ou combustível diesel são bem mais elevados do que os da eletricidade. Normalmente, as empilhadeiras elétricas praticamente não precisam de manutenção, só necessitam de algumas poucas substituições das peças de desgaste usuais para atingirem a vida útil teórica de vários anos. Portanto, se o objetivo é uma gestão de energia ativa, é recomendada a escolha de um acionamento elétrico com diversas alternativas. 

Imagem
HUBTEX PhoeniX presents itself in our new customer centre in Fulda

Tem alguma dúvida sobre gestão de energia?

Podemos orientar você com prazer! Juntos, encontraremos a melhor solução energética para o seu caso.

Imagem
Baterias de chumbo-ácido e de íons de lítio da HUBTEX

A escolha certa da bateria
Chumbo-ácido versus íons de lítio

Uma gestão de energia ativa funciona então com acionamento elétrico. Um acionamento elétrico precisa, porém, de baterias. Mas quais? As duas tecnologias mais usadas têm vantagens e desvantagens. Dependendo do tipo de carregador, as clássicas baterias de chumbo-ácido têm um tempo de carregamento que varia de cinco horas e meia a quatorze horas, com 1.200 ciclos de carga em média, e custos de investimento relativamente baixos. Ao serem usadas em vários turnos, com muitas horas de operação e cargas pesadas, e em períodos de pico como no caso de negócios sazonais, essas baterias chegam ao limite da sua capacidade. Em contrapartida, a bateria de íons de lítio leva a partir de uma hora para ser completamente carregada, pode receber cargas intermediárias irrestritamente, tem um peso baixo, pode completar até 6.000 ciclos e apresenta uma densidade de energia bem maior do que a bateria de chumbo-ácido. A sua utilização é conveniente principalmente em operações contínuas; numa operação de dois ou três turnos, por exemplo, as pausas podem ser aproveitadas para a carga intermediária. Quando são menos de 1.500 horas de operação por ano, no entanto, a Hubtex recomenda a bateria de chumbo-ácido como o sistema mais econômico no momento – mesmo que seja preciso ter uma bateria de reposição disponível no caso de vários turnos. Estabelecendo uma relação entre preço e vida útil, ela custa cerca de cinco a seis vezes menos do que a bateria de íons de lítio, mas possui apenas entre um quinto e um sexto da sua vida útil. No fim, é importante o usuário investir, na prática, na tecnologia que proporcione as capacidades de desempenho certas para a área de utilização desejada.

Imagem
Charging example for Lithium-Ion batteries at HUBTEX

Como carregar a bateria corretamente

Após a escolha da bateria, é preciso escolher os carregadores e conceitos de carregamento. E aqui a questão gira principalmente em torno da tecnologia. Ela é decisiva para a eficiência da tecnologia da bateria. Isto é: chumbo-ácido com carregador AF possui um grau de eficiência significativamente maior do que com um carregador de 50 Hertz; a combinação de íons de lítio com carregador AF é ainda bem mais eficiente energeticamente. O usuário que opta por essa última combinação tem, portanto, a vantagem de um consumo menor, mas também precisa investir mais dinheiro. Para saber se o custo adicional compensa, é preciso levar em conta as horas de operação. A Hubtex se baseia em cálculos comparativos bem fundamentados para orientar o usuário. A solução mais econômica sempre é uma combinação de equilíbrio entre tecnologia de carregamento, locais de carregamento de bateria, concepções de substituição e infraestrutura energética no estabelecimento. O manuseio da bateria também é um tema importante. Trocas e manutenções de bateria custam muito tempo durante a operação; também é preciso planejar equipamentos de substituição, como guindastes giratórios ou mesas rolantes, e estações de abastecimento. 

Equipamentos certos para eficiência energética
com os recursos adequados

Além das tecnologias de bateria e carregamento e das concepções de substituição, os equipamentos técnicos dos veículos são decisivos para a eficiência energética. Apesar de um veículo elétrico padrão ter um acionamento elétrico, geralmente a direção e o dispositivo de elevação são hidráulicos. Em relação a isso, a Hubtex recomenda uma direção elétrica com baixo uso de energia. Outras opções de equipamento incluem sistemas de orientação e sistemas de proteção de pessoal, que consomem relativamente muita energia. Diversas parametrizações de velocidades de elevação e direção também podem resultar em economias de energia. O importante é entender o veículo, a bateria e a tecnologia de carregamento como um sistema completo e calcular o Return on Investment estimado na consultoria. A fórmula básica: equipamentos em relação à vida útil em relação ao consumo de energia. 

Imagem
Phoenix AGV von HUBTEX im Einsatz

Clássicos ou automatizados?
A solução ideal para o seu depósito

As soluções de veículos automatizados (AGV) estão crescendo cada vez mais. Convencem através da determinação de trajetos eficazes e de processos autônomos, que facilitam a tarefa diária dos especialistas em logística. Mas aqui também vale a pena uma segunda análise. Um AGV em 24 horas de uso contínuo e com uma bateria de íons de lítio, requer métodos de carregamento sem contato, através de tecnologias de carga indutiva. O custo disso, porém, é bastante elevado. Quando isso não é calculado, acontece com frequência de os veículos serem completamente automáticos mas a conexão com a tecnologia de carregamento ser realizada por um funcionário. A célula a combustível de hidrogênio também é um método de acionamento com potencial. No momento, porém, ela também não é energeticamente tão eficiente quanto o acionamento elétrico com baterias de íons de lítio. Tendo isso em vista, é recomendado que apenas empresas com frotas muito grandes considerem uma tecnologia como essa.

Imagem
Electric drive vs. conventional drive forms at HUBTEX

A concepção de energia ideal para o seu caso
Economia de custos e de recursos

Este artigo mostra o seguinte: Na logística de depósitos, o gerenciamento da energia não pode ser ignorado no que diz respeito ao uso de transportadores de carga e outros esquemas de transporte. A Hubtex auxilia o usuário a escolher a tecnologia ideal, isto é, adequada para o seu caso de utilização, e faz uma avaliação prévia dos custos de energia. Resumindo, o objetivo é criar uma concepção de energia que poupe recursos, diminua os custos durante a operação e seja totalmente personalizada de acordo com as necessidades do usuário.

Produtos personalizados para desafios particulares

Podemos orientar você com prazer! Juntos, encontraremos a solução de manuseio ideal para o seu desafio.